terça-feira, 30 de novembro de 2010

OBSERVATÓRIO FORA DO EIXO E VIVA VOZ, APRESENTAM: Novas Formas e meios de fazer CULTURA.



 
Por uma cultura mais democrática

Não se vive só de arte. O artista, aquele ser que muitas vezes é pouco compreendido pela sociedade, precisa obviamente, como todos, sobreviver. Em meio a uma crise geral da arte contemporânea com a multiplicidade de linguagens, o artista ainda precisa buscar formas de ter uma renda – não são raras as vezes que ele trabalha como professor ou instrutor de oficinas. Mas há outros caminhos para que este artista realize seu maior sonho - viver de sua própria arte. Nos últimos anos, as leis de incentivo à cultura vieram para substituir o papel de mecenas, aquele pai que adotava um artista em troca de suas obras de arte.
Em Sete Lagoas, a Lei Municipal de Incentivo à Cultura foi aprovada e sancionada em 1998, ou seja, 12 anos atrás, da mesma forma que o Fundo Municipal de Cultura existe há 17 anos. Ambos, no entanto, nunca saíram do papel efetivamente e não cumprem, desta forma, seu papel de incentivadores culturais.
Com o objetivo de levantar a discussão sobre o tema, o Coletivo Colcheia e o vereador Dalton Andrade promovem em conjunto no dia 06 de dezembro, no Museu do Ferroviário, uma mesa de discussão com o tema “Novas formas e meios de fazer cultura”.
Para abordar o assunto, foram convidados o Secretário de Cultura de Sete Lagoas, Fred Antoniazzi, que vai tratar da realidade local, e um dos mentores da rede nacional Fora do Eixo, Talles Lopes, de Uberlândia, que tem uma vasta experiência com políticas públicas de cultura a ser compartilhada.
A expectativa geral com este encontro é que a partir do debate as leis municipais de fato passem a financiar projetos culturais de artistas e grupos de Sete Lagoas, tendo como base tanto a doação de empresas e pessoas físicas ao Fundo Municipal de Cultura quanto o patrocínio via a dedução do ISS (Imposto sobre Serviços) por contribuintes que optem por apoiar iniciativas culturais ao invés de recolher o imposto diretamente aos cofres públicos.


Serviço:
Observatório Fora do Eixo e Projeto Viva Voz apresentam:
Novas Formas e meios de fazer cultura
Dia 06/12, segunda-feira, às 19h30
Museu  do Ferróviário

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Agenda de Dezembro

Um ano tão importante como foi 2010 para nós - nascemos, crescemos e reproduzimos!  - não poderia terminar de outra forma que não com um mês de Dezembro agitado e cercado de pessoas que foram tão importantes para nós.
www.festivalmarreco2010.blogspot.com
O mês começa com a viagem do Colcheia para Patos de Minas, nos dias 03, 04 e 05, para participar do Festival Marreco. O Marreco é produção do Coletivo Peleja. Visite o blog e veja a programação completa, que terá direito a, entre outras bandas, Móveis Colonias de Acaju, 4instrumental, Manolos Funk, Vandaluz e nossa banda de casa Ganga Bruta. 
Chegamos de Patos de Minas no domingo e já na segunda à noite teremos Observatório Fora do Eixo + Projeto Viva Voz promovendo um debate sobre Fundo Municipal de Cultura e Lei de Incentivo à Cultura com Talles Lopes (Movimento Goma / Circuito Fora do Eixo) e Fred Antoniazzi (Secretário de Municipal de Cultura) - discussão fundamental para o cenário cultural setelagoano que há alguns meses temos amadurecido dentro do coletivo e agora temos o prazer de organizar este primeiro Observatório Fora do Eixo em Sete Lagoas e, juntamente com o Projeto Viva Voz, extrapolar o debate com toda a classe artística da cidade. 
Na quarta-feira dia 8 até o domingo dia 12 acontece em BH a Feira Música Brasil, um dos maiores acontecimento de música do país e que tem como objetivo estimular novos talentos, fortalecer o setor musical e fomentar novos negócios a partir da música. O Colcheia, juntamente com o Circuito Fora do Eixo, estará por lá durante todo o evento. Acesse a programação completa em www.feiramusicabrasil.com.br
No sábado dia 11 teremos Noite Fora do Eixo com Maria Melodia (www.myspace.com/mariamelodia) e Pequena Morte (www.myspace.com/pequenamorte) - duas bandas que se apresentaram no Festival Gramophone em setembro e que voltam para encerrar as Noites Fora do Eixo de 2010 em grande estilo. Com programação ainda a ser definida, no dia 15, quarta-feira, será a vez do CinEbar fazer seu encerramento do ano. 
No final de semana seguinte, 17, 18 e 19,  partimos para Vespasiano para prestigiar o Festival La Onda, dos amigos do Coletivo Vatos. Aguarde a confirmação da programação em http://vatoscoletivo.blogspot.com/
E para fechar com chave de ouro este ano de 2010, a "Família Colcheia" se reune no já tradicional Pós-ceia no Opinião com a banda Ganga Bruta a partir de 01h30 do dia 25.

E aí, tá dentro? 
_____________________________________

03, 04 e 05 - Festival Marreco (Patos de Minas)
06 - Observatório Fora do Eixo + Projeto Viva Voz
8 a 12 - Feira Música Brasil em BH
11 - Noite Fora do Eixo 15 - CinEbar
17, 18 e 19 - Festival La Onda (Vespasiano)
25 - Pós-ceia no Opinião com Ganga Bruta

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Em fotos e sentimentos

Marcelo Miranda fotografado por seu amigo Marco Túlio Brant


Coisas que eu amo - esse é o tema da primeira exposição fotográfica de Marcelo Alves Miranda, fotógrafo que, além de outros trabalhos, faz parte da equipe do Colcheia. "Fotografo o que gosto, por amor e por prazer" diz ele. E o resultado não podia ser outro: o acervo está repleto de fotografias de momentos especiais, objetos interessantes, paisagens que merecem registro, tudo impregnado de um caráter bem pessoal.

Foto do show da Aline Calixto, em Sete Lagoas, durante a Festa Literata.
O lançamento da exposição será neste domingo, 28, no Restaurante Frigideira - localizado na pracinha do Canaan - e já tem propostas para continuar em outros espaços da cidade. Nesta exposição o público poderá apreciar registros do congado (patrimônio cultural), música (Festival Gramophone), Serra de Santa Helena, pôr do sol, flores e poemas que o levaram a fazer algumas imagens.


Se isso tudo não bastasse, também farão parte do acervo algumas fotografias que contam com a tecnologia da lomografia, técnica que permite a captação de âgulos diferentes e dá uma outra visão ou perspectiva sobre o assunto a ser fotografado.
Segundo Marcelo, as câmeras LOMO são russas, analógicas e com preço acessível. Aqui no Brasil são vendidas apenas numa loja no Rio de Janeiro. Ele, que demonstrou ser fascinado com essa técnica, nos deu algumas dicas e compartilhamos aqui com vocês.

Primeira foto tirada pelo Marcelo com uma câmera LOMO (fisheye 2).
10 regras básicas da lomografia:

1. Leva a tua Lomo onde quer que vás;
2. Fotografa a qualquer hora do dia ou da noite;
3. A Lomografia não interfere na tua vida, é parte dela;
4. Aproxima-te o mais possível do objecto a ser fotografado;
5. Não olhes pelo visor;
6. Não penses;
7. Sê rápido;
8. Não precisas saber com antecedência o que fotografaste;
9. Nem depois;
10. Não te preocupes com quaisquer regras.

O Marcelo faz questão de frisar o quanto as lomografias são um charme. Objetos comuns ganham encanto e detalhes que em outras situações passariam despercebidos se tornam visíveis. Ele acrescenta ainda que as lomografias são também caracterizadas por misteriosas vinhetas, vazamentos, grãos lo-fi, lindos borrões e um mágico equilíbrio entre contraste e saturação... só para dizer algumas.

Para saber mais sobre o movimento dê uma pesquisada no nosso amigo e oráculo google ou compareça à exposição no domingo e bata um papo com o Marcelo.


Está feito o convite! Visite a exposição e depois venha nos contar suas impressões!

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Um programa sobre a cultura independente

Cultura Sonora. A esperança de uma nova geração em Sete Lagoas. Engajada e consciente, que acredita no novo modelo de produção cultural e trabalha para desenvolvê-lo e divulgá-lo.
Começaram com um projeto de final de curso, um programa de tv totalmente experimental que visa veicular informações sobre cultura e manifestações artísticas em todas as suas vertentes. Já possuem um blog super interessante com indicações de artistas, textos interessantes e podcasts e, tenho certeza, vão continuar desenvolvendo um trabalho na área (pois, cá pra nós, quem começa não consegue mais parar).
O Colcheia estará presente no programa, eles coletaram imagens no Festival Gramophone além de uma entrevista com a gente.


Nessa sexta-feira, 26 eles vão fazer a primeira exibição do programa. Para isso prepararam um evento regado a muita música independente no Route 66 com as bandas Capitão Bluddy (do nosso integrante Lucas), The Rochsound e Alvoraz.

Prestigiem pois iniciativas assim são raras e necessitam de apoio. Por isso o Colcheia é parceiro estará presente no evento.
Assista a vinheta do programa para já ficar com gostinho de quero mais!

domingo, 21 de novembro de 2010

Gingado e simpatia

Depois da programação intensa com mesas, oficinas exposições e muita arte na Literata a população de Sete Lagoas ainda teve a oportunidade de relaxar e dançar ao som de um sambinha em plena sexta-feira.


Gingado, simpatia, jeitos e trejeitos. Aline Calixto deu um show no Tempo 8. Com sua voz marcante ela animou o ambiente, que por sinal estava completamente aconchegante e agradável, com uma ambientalização linda, digna de um atelie de arte.


Com seu som ela fez o público se soltar e curtir o momento, mesmo aqueles que preferiram ficar em suas mesas estavam mexendo os pézinhos ou simplesmente apreciando a música que se tornava parte do ambiente. As crianças presentes ficaram na frente do palco, dançando e se divertindo, assim como os adultos que se entregaram ao samba e resolveram entrar no clima, sambando e cantando junto.


Inclusive, em um bate papo pós show, (tirando os elogios e os autógrafos) Aline disse ter adorado o show, que a receptividade do público foi ótima, uma apresentação com muita energia que cativou os que não conhecia e fez os que já eram fãs cantarem juntos, "É bom chegar em um lugar que a cama já está estendida e muitos já conhecem seu trabalho. Essa é a maior prova de reconhecimento". E cá pra nós, não tem como não ser envolvido por aquele gingado e aquela voz né?

Ainda conversamos um pouco sobre o Fora do Eixo, a cantora disse já conhecer o movimento, inclusive já tocou em alguns festivais como o Jambolada. Ela acha uma exelente alternativa pois une cidades e faz a cultura circular, fomentando uma cena que não aconteceria por outros caminhos.

Enfim, foi um verdadeiro momento de relaxamento para os presentes. Um público que muitas vezes não vê alternativas de diversão na cidade e que quando uma aparece uma aproveita para não ficar de fora.


Não podemos deixar de elogiar a produção do show, das amigas e parceiras da Fulores Produções e a iniciativa dos produtores e realizadores da Literata, evento cultural importantíssimo para a cidade.

Texto: Raíssa Galvão
Fotos: Marcelo Miranda

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Cineminha em dias nublados

Uma noite diferente, descontraída e cultural. Esse foi o Curta Brasil produzido pelo Coletivo Colcheia que aconteceu no ultimo dia 13, no Museu do Ferroviário em comemoração ao Dia do Cinema Nacional.

Com o público variando de crianças, passando por adolescentes até adultos, quem foi teve a oportunidade de assistir a ótimos curtas-metragens e ainda saborear uma deliciosa pipoca caseira.


Com exibição de curtas variados, como animações, curtas independentes de artistas setelagoanos e da produtora DF5, ligada ao Fora do Eixo, os quatro blocos conseguiram prender a atenção do público e agradar aos participantes, que saíram satisfeitos com o evento.


Além da exibição dos curtas, fora feita uma exposição de cartazes de filmes brasileiros, que aguçaram a curiosidade dos presentes, que ficaram atentos à cada detalhe. Clima de cineminha e muitos elogios, este foi mais um evento de sucesso realizado pelo Colcheia, em prol da divulgação dos artistas e da cultura da nossa cidade!

Texto por: Luciana Dias
Fotos: Marcelo Miranda

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

1ª Literata de Sete Lagoas homenageia Guimarães Rosa

Evento começa nesta quarta-feira e vai até sábado, na Casa de Cultura Nhô-Quim Drummond

                                         Guimarães Rosa na casa onde nasceu, em Cordisburgo

Os escritores Moacyr Scliar e Arnaldo Antunes, também músico e poeta, são alguns dos convidados da 1.ª Literata - Festa Literária de Sete Lagoas, a 72 km de Belo Horizonte. O evento começa nesta quarta-feira e vai até sábado, na Casa de Cultura Nhô-Quim Drummond.



ReproduçãoGuimarães Rosa na casa onde nasceu, em CordisburgoO autor mineiro Guimarães Rosa é o homenageado desta edição. Sua obra e influência na produção literária nacional serão debatidas por nomes como Alcione Araújo, diretor teatral, romancista, roteirista e cronista; Olavo Romano, contador de histórias e membro da Academia Mineira de Letras; e pela poeta Alice Ruiz, viúva de Paulo Leminski. Mais informações: http://www.literata.net/. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Natura apresenta show de Aline Calixto em Sete Lagoas



Revelação da MPB, Aline Calixto se apresenta no dia 19 de Novembro no Templo 8 com participação especial de Pedro Morais
 
Aline Calixto é uma das mais promissoras vozes da música contemporânea brasileira. Lançou seu primeiro CD em 2009, pela gravadora Warner Music, o que lhe rendeu o prêmio da APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) como melhor Disco do Ano. Recentemente foi indicada ao Prêmio da Música Brasileira nas categorias “melhor cantora de samba” e “melhor cantora de 2009”.
A cantora, carioca de nascimento e mineira de coração, já percorreu diversos cantos do Brasil encantando a todos com a bela performance e se apresenta no Templo 8 (Pça. Tiradentes, 240, Centro), em Sete Lagoas, no dia 19 de Novembro, às 20h30. O show conta com o patrocínio da Natura e produção da Casulo Cultura em parceria com a Fulôres Produções. Para incrementar ainda mais esse show, ela convida Pedro Morais para dividir o palco, a alegria e o samba. Relmente imperdível!
19 de novembro – Aline Calixto com participação especial de Pedro Morais

Horário: 20h30; Ingressos: R$10 (meia); R$20 (inteira) nas cafeterias Il Dolce Peccato (Dr. Avelar, 212) e Day (Pça. Do Canaã)

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

FUTURIVEL, um Encontro Histórico

Futurível. Um futuro possível. Será que o hoje era o que Gil esperava do futuro?

Um show que reunirá Macaco Bong e Gilberto Gil em um mesmo palco, tocando juntos. Será um novo vocalista para o Macaco ou uma nova banda pra Gil? Nem um nem outro, uma mistura de sons, melodias e músicas totalmente inusitada.


Um marco para a história da música e cultural do país. Personalidades ativas do campo cultural, com articulação política bem estabelecida. Dois ativistas na cultura nacional, um da década de 60 e um dos dias de hoje, que lutam por uma cultura mais acessível e democrática, levada a mãos de "Artista Igual Pedreiro", que ao mesmo tempo que tocam carregam caixas e ajudam na produção.

O show não será apenas uma apresentação, mas a afirmação que não estamos tão "Fora do eixo" assim, pelo contrário, estamos mais dentro desse eixo do que nunca. Movimentamos a cultura independente do país. Fazemos girar o círculo produtivo da música, e não só da música, agora com novas frentes e novas tendências que possam abranger a cultura em si, nas suas mais diversas linguagens.

5166807100_88b0b03f56

O Futurível chegou! É agora! É a luta de Gil realizada nos dias de hoje por Macaco Bong e o Circuito Fora do Eixo. É um encontro muito mais significativo do que estético, embora a estética impressione a todos pelo nível de qualidade.

O encontro será sábado agora, 13, no Auditório Ibirapuera em São Paulo e será também a abertura do II Fórum de Cultura Digital Brasileira, o que não é por acaso. Pois o evento está sendo amplamente divulgado em toda a internet, inclusive já com pequenos trechos dos ensaios, deleites para os curiosos de plantão. No twitter a tag #FUTURIVEL abriga todas as novidades e informações sobre a aprensetação. Além disso o evento será totalmente transmitido ao vivo pela internet no site http://futurivel.org.br/

terça-feira, 9 de novembro de 2010

A cultura em primeiro lugar!

video
Sim. Sabemos que sabadão a tardinha com vários outros programas é difícil de escolher para onde vai, principalmente quando se tem um jogo de futebol na cidade.

Entretanto o Colcheia não desiste. Luta pela cultura acima de qualquer coisa. E é por isso que vamos manter a data do nosso evento, esse sábado, 13, e convidamos a todos para estar presente e prestigiar.

O CURTA BRASIL, evento com exposição de vídeos e curtas nacionais, valoriza a produção independente e os artistas locais, além de promover uma exposição de cartazes de filmes nacionais.
Serão 4 blocos de vídeos. Um com produções da DF5 _ distribuidora ligada ao Fora do Eixo_, um com vídeos de artistas setelagoanos, um com animações e o último com referências e curtas importantes para a história do cinema.

sábado, 6 de novembro de 2010

Compacto.REC lança Diego Morais e o Sindicato

O Compacto.Rec, em mais uma edição apresenta nesse mês de novembro o lançamento do disco “Parte de nós”, primeiro álbum de Diego Morais e o Sindicato de Goiânia.
Diego Morais iniciou sua trajetória na musica como baterista tocando em algumas bandas em Senador Canedo, município vizinho à Goiânia. Em 2006 Diego começou a tocar suas próprias composições e, juntamente com a sua irmã, fez uma série de apresentações pela cidade. Em 2007 venceu o concurso TACABOCANOCD e como prêmio o gravou um Ep chamado Reticências..., lançado no mesmo ano pelo coletivo Fósforo Cultural, e foi nesse momento que encontrou o Sindicato e se reuniram para um único show, e desde então permanecem juntos. Também em 2007 participaram de um concurso promovido pelo site TramaVirtual em parceria com a Revista Capricho, que lhes rendeu a gravação de uma faixa nos Estúdios da Trama. Desde então Diego de Moraes e O Sindicato já se apresentaram em grandes festivais, como a Virada Cultural, em São Paulo, os Festivais Goiânia Noise, Bananada e Vaca Amarela em Goiânia, além de terem tocado no Jambolada, em Uberlândia e nos festivais Calango (Cuiabá – MT), Móveis Convida (Brasília – DF), Varadouro (Rio Branco – AC), Feira da Música (Fortaleza-CE), e firmaram-se como um dos mais criativos grupos da cena independente nacional.

O Compacto.REC

O Compacto.Rec é um projeto de lançamento mensal de álbuns virtuais em rede com o objetivo de estimular a circulação e distribuição de bandas da cena independente brasileira. Os agentes que integram a equipe são oriundos dos mais distintos lugares do país que, através da internet trabalham em conjunto executando toda a pré-produção do Compacto.Rec: uma compilação com músicas, letras, release, fotos, vídeo, banners e avatares, que são divulgados em todos os veículos de comunicação integrados ao Circuito Fora do Eixo.
Esse ano o Compacto.Rec trouxe diversos lançamentos que deram ênfase ao projeto, como a paranaense Nevilton, a mineira Uganga, deu destaque a Coletânea Grito Rock América do Sul 2010, lançou o primeiro material solo do Jair Naves, ex-Ludovic, realizou no mês de outubro seu primeiro lançamento internacional com o álbum “YYY” da banda Falsos Conejos de Buenso Aires (ARG) e recentemente foi contemplada pela Bolsa Funarte de Reflexão Crítica e Produção Cultural para Internet.



O Disco


“Parte de Nós” é o disco de estréia de Diego e o Sindicato e apresenta canções que foram experimentadas pelo grupo desde a sua formação em 2007, e experimentação é, de fato, a melhor palavra para descrever a criatividade das musicas do álbum. Com uma sonoridade que varia da psicodelia ao folclore, explorando micro-temas e sensações musicais que remetem do pop ao caipira, “Parte de nós” são muitos pedacinhos de sons universais organizados por bricolagem num belo mosaico musical.

As 12 faixas do cd transitam pelos mais variados ritmos e timbres e foram gravadas no estúdio Loop, em Goiânia, com produção de Eduardo Kolody e Rogério Pafa. O disco contou com a participação de Astronauta Pinguim e teve o apóio da Lei Municipal de Cultura.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Curta Brasil/ Novembro 2010


Mostra de curtas comemora o cinema nacional

Em homenagem ao dia do Cinema Nacional, comemorado em novembro, o Coletivo Colcheia promove no sábado, dia 13, a partir das 19h, no Armazém Cultural (anexo do Museu Ferroviário) o CURTA BRASIL.

Os curtas da mostra serão projetados dentro do Armazém, preparado para receber as pessoas interessadas em filmes diferenciados. Dentre os selecionados para exibição estão curtas da DF5, distribuidora ligada ao Fora do Eixo, rede nacional que o Colcheia se integra e diversos outros feitos de forma independente.

Além da mostra dos curtas, o coletivo está preparando ainda uma exposição de cartazes de filmes que marcaram a história do cinema nacional.

E para aqueles que não vivem sem mastigar durante uma película, será vendido no local a tradicional pipoca caseria feita na panela com manteiga!

Não perca mais este evento cultural.

Venha compartilhar o momento e algumas pipocas conosco!

Curta Brasil
Sábado, 13/11
Armazém Cultura do Museu do Ferroviário
A partir das 19h
Entrada Franca

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Ganga Bruta #pénaestrada

Fotos: Marlon Franco e Yvye Nathalie


Na última sexta-feira, dia 29/10, a banda Ganga Bruta viajou para Lavras para participar, juntamente com os amigos do Manolos Funk (Vespasiano) e a banda Elephas (Lavras), da Noite Fora do Eixo produzida pelo Coletivo Matula Sonora. 

#diversão, #brotheragem, #risadas e #rock´n´roll foram as tags da noite.

E já que nosso lema é a troca, para compartilhar com todos um pouco das  poucas (mas muito felizes!) horas que passamos em Lavras, o Coletivo Colcheia e o Grup Grup Audiovideo apresentam: 

Ganga Bruta #pénaestrada - um doc de cobertura da viagem... Clique e assista!